Administração Financeira em Vendas – 6 Dicas Básicas

Quem trabalha com vendas sabe que nosso foco é voltado 100% a geração de receita para nossas empresas, pois somos responsáveis por atender os clientes e fechar as vendas, “trazendo” o faturamento para a empresa. Dessa forma, é comum termos um salário que varia conforme nossas vendas, tornando-se um dos fatores motivacionais para vendermos mais. No artigo de hoje, vamos dar 6 dicas básicas sobre Administração Financeira em Vendas, ou seja, dar orientações sobre como tornar suas comissões e bônus mais rentáveis e lucrativas!

Porque é Importante a Administração Financeira?

Um profissional de vendas, muitas vezes, possui uma remuneração variável que é maior que sua remuneração fixa, tornando seu salário mensal uma “constante” variável. Dessa forma, é imprescindível que aprendemos a administrar nossas finanças pessoas. Todos querem ter um padrão de vida regular e crescente, ou seja, crescer tanto profissionalmente quanto pessoalmente, mas como fazer isso quando dependemos de um salário variável?

6 Dicas Fundamentais para Administração Financeira em Vendas:

Para fazer uma administração financeira eficiente, siga essas 6 dicas a risca e implemente a as dicas que coloquei no artigo  “Os Segredos da Mente Milionária Aplicado a Vendas”, publicado a algumas semanas a trás. Vamos a elas:

1 – Verifique as Receitas:

Crie uma planilha em Excel e insira, na parte SUPERIOR, os seus ganhos mensais. É importante que você coloque TUDO, mas separando o que é ganho de salário FIXO, COMISSÃO, BÔNUS, etc. Essa planilha vai ajuda-lo(a) a entender também o seu desempenho comercial ao longo do ano e, no final do ano, verificar como foi seu histórico profissional.

Abaixo, segue imagem ilustrativa de uma planilha de RECEITAS (considera incluir o saldo da sua conta corrente):

Criando a Planilha de Receita - Planejamento Financeiro para Vendedores

2 – Planeje suas Despesas Pessoas Rigorosamente:

Na planilha criada, insira na parte inferior TODOS os seus gastos mensais, dividindo-os em gastos fixos (água, luz, telefone, academia, escola das crianças, DÍVIDAS, etc.) e gastos variáveis (consulta médica, despesas com viagens, saques – dinheiro para uso semanal, supermercado, etc.). Os gastos variáveis serão sempre uma previsão baseada no seu histórico. Dessa forma, você terá uma projeção de custos do que acontecerá nos próximos meses com a sua administração financeira.

Abaixo, segue imagem ilustrativa de uma planilha de DESPESAS:

Planilha de Despesas - Planejamento Financeiro para Vendedores

3 – Verifique Receitas e Despesas:

Onde estão suas maiores dificuldades financeiras? Provavelmente você vai notar na planilha o quanto você paga de financiamento ou parcelas daquela geladeira ou “TV” que comprou. Com essa ferramenta de administração financeira, você vai perceber onde estão seus “gargalos financeiros”, ou seja, os itens que roubam seu dinheiro sem perceber.

4 – Aumente suas RECEITAS, sem mexer nas DESPESAS:

Controle seus custos, pois agora você mapeou TUDO o que gasta, tanto os seus gastos fixos quanto os mensais e, dessa forma, pode mantê-los sobe controle. Porém o grande segredo não é deixar de pagar o financiamento do seu carro ou da sua casa, mas sim potencializar as suas comissões de vendas!!!  Trabalhe arduamente para aumentar suas FONTES DE RECEITAS através das comissões, bônus e demais premiações e, dessa forma, você aumentará seu ganho mensal sem necessariamente mexer nos seus custos.

Outra dica é diminuir os excessos nos gastos de forma estratégica (sem diminuir o padrão de vida para não se desmotivar) como, por exemplo, ao invés de pagar a academia mensalmente, opte por pagar trimestralmente e usufruir do desconto do pacote!

5 – Invista até 75% do valor que sobrar na RACEITA:

Se antes você ganhava R$5.000,00 e gastava o mesmo valor e, com base nos passos anteriores passou a ganhar R$5.500,00 (aumento de 10% originados das suas comissões sobre vendas), pegue até 75% devesse valor (ou seja, R$375,00) e faça um INVESTIMENTO! Crie na planilha o campo INVESTIMENTO e, sempre no final do mês coloque o valor que você investiu somado com o mês anterior, pois isso estimula ainda mais você aumentar seus rendimentos!

Abaixo segue exemplo de um quadro de INVESTIMENTOS, que pode ficar abaixo do TOTAL da sua planilha:

Investimento - Planejamento Financeiro para Vendedores

6 – Invista em Treinamentos sobre Investimento:

Quando você acumular certa quantia, vai notar que a boa e velha poupança não é mais tão “legal” assim. Invista em um bom treinamento sobre investimento, não para se tornar um expert, mas para não ser enganado e, principalmente, para tomar as melhores decisões sobre como investir o seu dinheiro. LEMBRE-SE: faça o seu dinheiro trabalhar para você, através dos juros que os investimentos pagam!

Se você ficou interessado em aprender como administrar melhor as suas finanças e ganhar mais dinheiro a partir do seu próprio salário, assine ao lado NEWSLETTER para receber nossas atualizações e, em breve, ser convidado a conhecer a nova turma do programa Educação Financeira!

Um abraço, boas Vendas e SUCESSO!